Reportagem TVI - SIAL Paris

Seis dezenas de empresas portuguesas do setor agroalimentar estão à procura de oportunidades nos mercados de exportação. O Salão de Paris é uma das maiores feiras mundiais e um espaço para descobrir clientes de países inesperados.

Ler mais ...

Secr. de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação visita a Fábrica de Conservas A Poveira S.A.

O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira, esteve no dia 10 de outubro na A Poveira.

Ler mais ...

PortugalFoods com maior representação portuguesa da história no SIAL Paris 2014

Pela primeira vez na história do setor agroalimentar nacional, Portugal vai estar representado sob o chapéu de uma só marca, o da PortugalFoods. No total, são 63 empresas portuguesas, com presença individual ou integradas em hubs de produtos ou interesses, distribuídas por 600m2.

Lisboa, 14 de outubro de 2014 – A PortugalFoods, principal interlocutor e dinamizador do setor agroalimentar português nos mercados externos, está a preparar a representação nacional de 63 empresas no SIAL Paris 2014, uma das maiores feiras internacionais do setor. O certame decorre entre os dias 19 e 23 de outubro, no Parc des Expositions de Paris Nord Villepinte, em Paris, França.

Pela primeira vez na história do setor agroalimentar nacional, Portugal vai aparecer unificado, sob uma só marca e imagem, a da PortugalFoods, num certame internacional desta natureza.

As empresas portuguesas – 63, no total – vão apresentar-se no SIAL Paris 2014 em dois formatos distintos: individual, embora inseridas num stand coletivo da PortugalFoods presente no pavilhão internacional da feira; e organizadas em hubs, grupos criados em torno de produtos e/ou necessidades comuns, tais como Meat & Delicatessen, Canned Fish & Seafood, Halal, Private Label, Cheese, Sweets & Biscuits e Tech, em pavilhões especificamente dedicados aos respetivos temas. Esta participação é co-financiada pelo QREN.

Paralelamente, a PortugalFoods e a APTECE – Associação Portuguesa de Turismo de Culinária e Economia organizam, ao longo dos cinco dias do evento, diversas cooking sessions, que consistem na elaboração e degustação de pratos inteiramente produzidos a partir de produtos nacionais das 63 empresas expositoras que se encontram sob o chapéu da PortugalFoods.

No dia da inauguração do SIAL Paris 2014, 19 de outubro, Leonardo Matias, secretário de Estado adjunto da Economia, e Nuno Vieira e Brito, secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar estarão de visita aos espaços da PortugalFoods.

O SIAL Paris 2014, que celebra este ano o seu 50.º aniversário, conta com um universo de 6.300 empresas provenientes de 105 países e diversos profissionais do setor agroalimentar oriundos de mais de 200 países, sendo ainda esperados 150 mil visitantes. A concorrer aos prémios SIAL Innovation estarão 1.700 produtos e realizar-se-ão 250 conferências.

A presença da PortugalFoods no SIAL Paris 2014 será alvo de uma reportagem a emitir na PortugalFoods TV, disponível em www.portugalfoods.org.

 

 

Ler mais ...

Secretário de Estado do Mar elogia dedicação da PortugalFoods na representação e construção da marca Portugal nos mercados internacionais

No evento de apresentação e estreia da PortugalFoods TV, que teve lugar na passada terça-feira, dia 30 de setembro, no Pestana Palace, em Lisboa, foi ainda apresentada a nova assinatura da Associação: PortugalFoods, Atlantic Essence. O novo blending da PortugalFoods com o mar mereceu rasgados elogios por parte do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu.

Lisboa, 02 de outubro de 2014 – A PortugalFoods lançou, na passada terça-feira, dia 30 de setembro, na presença do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, a PortugalFoods TV, a primeira plataforma multimédia exclusivamente dedicada à divulgação do setor no estrangeiro e que envolveu um investimento inicial de 40 mil euros. No mesmo dia, o presidente do Conselho de Administração da PortugalFoods, Amândio Santos, deu também a conhecer a nova assinatura da Associação: PortugalFoods, Atlantic Essence. O novo lema pretende espelhar “a alma e o carácter lusos”.

O novo blending da PortugalFoods com o Atlântico foi alvo de rasgados elogios por parte de Manuel Pinto de Abreu, que afirmou que o reconhecimento do carácter atlântico do país em ações internacionais representa um elemento de extrema importância na construção da mensagem de que “Portugal é mar”.

O governante destacou ainda o valor económico da PortugalFoods, que se traduz em mais de 100 associados e se estima em dois mil milhões de euros. “Uma parcela muito significativa daquilo que é a produção nacional e do crescimento ímpar da atividade económica” e que merece, “da parte de todos os decisores e governantes, uma atenção especial”, assevera o secretário de Estado do Mar.

Também as metas de crescimento de 5% ao ano a que a Associação se propõe foram consideradas, por Pinto de Abreu, “muito significativas”, especialmente no contexto atual e que “não é de facilidades”, refere. Esta “vontade e determinação de fazer cada vez mais e melhor por Portugal é algo que não pode ser esquecido e que tem de ser obrigatoriamente apoiado”.

A propósito do importante papel que a PortugalFoods vem desempenhando na criação de uma imagem de excelência do país e na construção da marca Portugal nos mercados internacionais, o secretário de Estado do Mar garantiu estar “certo de que a PortugalFoods será, cada vez mais, um elemento fundamental daquilo que todos nós queremos: o progresso nacional e o bem-estar de todos os portugueses”. Para isso, apelou ainda às empresas portuguesas do mar para que se juntem à PortugalFoods e aos seus hoje mais de 100 associados e para que, juntos, continuem a endossar a fileira daqueles que transmitem uma imagem única e ímpar de Portugal.

Em nome da ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, Manuel Pinto de Abreu deixou igualmente uma mensagem. A de que a ministra “tem a confiança e a esperança, e também a certeza, de que a PortugalFoods saberá, cada vez mais, elevar o setor agroalimentar português a patamares nunca antes alcançados”.

Ler mais ...

Cantinho das Aromáticas premiado no Great Taste Awards 2014

O  lote reserva de limonete ao conquistar 3 estrelas está entre os 153 melhores produtos alimentares do mundo!!! Também o lote reserva de erva-príncipe conquistou 1 estrela.

Ler mais ...

PortugalFoods TV no ar a 30 de setembro

PortugalFoods TV será apresentada no dia 30 de setembro, no Pestana Palace Hotel, em Lisboa.

Lisboa, 24 de setembro de 2014 – A PortugalFoods, principal interlocutor e dinamizador do setor agroalimentar português nos mercados externos, lança, no próximo dia 30 de setembro, a partir das 18h30, no Pestana Palace Hotel, em Lisboa, a PortugalFoods TV.

O canal de televisão da marca-chapéu do setor agroalimentar nacional, que inicia emissões nesse mesmo dia, vai funcionar, numa primeira fase, exclusivamente online, a partir do site da PortugalFoods, e focar-se, sobretudo, nas temáticas da inovação e internacionalização.

O objetivo principal da nova plataforma multimédia passa por promover Portugal, as empresas, os produtos e o sistema científico nacional, no país e no mundo, mas também por projetar os associados da PortugalFoods – hoje mais de 100 – nos mercados doméstico e internacional. Para o efeito, “a PortugalFoods TV irá exibir, de forma permanente, vídeos e reportagens relacionados com o negócio e os produtos das suas empresas associadas, assim como projetos de investigação e inovação das universidades”, explica Ondina Afonso, diretora executiva da Associação. “Esta nova plataforma funcionará, portanto, como o front office das empresas do agroalimentar”, acrescenta.

Ainda no âmbito do evento da apresentação e estreia da PortugalFoods TV, será apresentado um menu 100% português, exclusivamente criado a partir de produtos dos associados da PortugalFoods. A iniciativa resulta de uma parceria estabelecida entre a Associação e o Chef Pedro Inglês Marques do Pestana Palace Hotel.

O evento de lançamento da PortugalFoods TV conta com a presença de diversas individualidades do mundo empresarial e institucional.

Ler mais ...

PortugalFoods integra presidência do EUROAGRI

Portugal foi o país nomeado pelo programa EUREKA para assumir a presidência da rede estratégica dedicada ao setor agroalimentar, EUROAGRI, a partir de 1 de setembro.

A PortugalFoods, marca-chapéu do setor agroalimentar português, e o Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, representam os organismos nacionais responsáveis pela estratégia para a dinamização de projetos de Investigação & Desenvolvimento.

Lisboa, 08 de setembro de 2014 - A PortugalFoods, associação responsável pela inovação e internacionalização do setor agroalimentar nacional, e o Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, assumiram, no início do mês, a presidência do EUROAGRI, a rede estratégica do programa EUREKA que se dedica ao setor agroalimentar.

Os dois organismos ficarão assim responsáveis pela criação de uma estratégia de dinamização de projetos de Investigação & Desenvolvimento, os quais orientados para o mercado.

Constituído em 1991, o EUROAGRI é um meio operacional estratégico do programa EUREKA, focado na promoção da inovação no seio do setor agroalimentar europeu. No âmbito do EUROAGRI, e considerando apenas exemplos que contaram com o contributo português, foram desenvolvidos diversos produtos que hoje são de utilização comum, como as saladas prontas a comer (E!1975 Greentec) e as maçãs fatiadas e prontas a comer, e efetuadas melhorias no processo alimentar, como a redução substancial de químicos no armazenamento de arroz (E!3747 IPM-Rice).

João Santos Silva, novo chairman do EUROAGRI, explica que os 43 países que compõem o EUREKA aprovaram, em Bergen, na Noruega, “as novas linhas programáticas do EUROAGRI até 2018 – E!9159 Euroagri Foodchain 2 –, alargando a sua influência para além do alimentar e permitindo agora apoiar também os projetos de consórcios internacionais nas diferentes áreas relacionadas com a bioeconomia”.

Por outro lado, Ondina Afonso – diretora executiva da PortugalFoods – sublinha “a importância das empresas do setor agroalimentar português se aproximarem de redes europeias, por forma a estabelecerem pontes para cooperação estratégica com outros países, e esse estimulo e suporte é dado pela PortugalFoods”.

A valorização das tecnologias europeias em mercados emergentes e a dinamização dos standards de segurança e qualidade alimentar europeus noutros mercados constituem outros dos objetivos a defender pelo EUROAGRI. A escolha de Portugal para a presidência teve em consideração o histórico de interação científica com a América Latina e a proximidade com mercados em crescimento, como o dos países lusófonos.

Com Portugal na presidência inicia-se uma oportunidade de sinergias com outras redes de inovação europeias, esperando o EUREKA reforçar a articulação com as Plataformas Tecnológicas Europeias (ETPs), o Instituto Europeu de Tecnologia (EIT) e a ERRIN – Rede de Regiões Europeias com Ciência e Inovação, nos esforços conjuntos para a promoção da competitividade Europeia nas áreas agroalimentares.

 

Ler mais ...

PortugalFoods e Mercacenter juntas para mais uma edição da iniciativa Sabor de Portugal

Na ação promocional, que tem início a 13 de setembro, em Andorra, participam 33 empresas nacionais do setor agroalimentar e bebidas, com cerca de 250 produtos.

Lisboa, 12 de setembro de 2014 - A PortugalFoods, marca-chapéu do setor agroalimentar português, volta a organizar, em parceria com a cadeia líder de supermercados do Principado de Andorra, Mercacenter, mais uma edição da ‘Sabor de Portugal’, em Andorra.

Na ação promocional, que decorre a partir de amanhã e se estende até ao próximo dia 13 de outubro em todas as lojas da cadeia andorrana, participam 33 empresas nacionais do setor agroalimentar e bebidas, com cerca de 250 produtos.

Nuno Vieira e Brito, secretário de estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, estará de visita à Sabor de Portugal no dia inaugural da ação, a 16 de setembro, acompanhado de diversos membros do governo de Andorra.

Esta é já a 2.ª edição da ação promocional Sabor de Portugal que, em 2013, integrou 23 empresas agroalimentares portuguesas e viu, em apenas uma semana – fruto do sucesso junto dos visitantes –, desaparecer das prateleiras os diversos produtos nacionais expostos. Como resultado direto da 1.ª edição da Sabor de Portugal, “as exportações nacionais para Andorra cresceram 11%”, refere Ondina Afonso, diretora executiva da PortugalFoods.

O Principado de Andorra não é um membro pleno da União Europeia, mas usufrui de um relacionamento especial com a Comunidade, desde 1990. Entre as partes foi estabelecida uma união aduaneira, em vigor desde 01 de julho de 1991, que abrange os produtos dos capítulos 25 a 97, do Sistema Harmonizado de Designação e Codificação de Mercadorias (SH). Em conformidade, Andorra suprimiu os direitos aduaneiros e os encargos de efeito equivalente às importações provenientes da União Europeia.

Das terras do Principado de Andorra, apenas 2% são aráveis, o que restringe fortemente a sua produção agrícola e explica o facto de os alimentos serem quase todos importados.

O país funciona como plataforma para os mercados catalão e do sul de França – pela passagem anual de cerca de um milhão de consumidores permanentes destes países –, e apresenta a mais baixa taxa de desemprego do mundo, com 0,01%. Importa ainda sublinhar que mais de 16% da população residente em Andorra é de origem portuguesa, sendo, por isso, premente solidificar e aumentar a relação comercial entre Portugal e o Principado.

Ler mais ...

Últimas Notícias

    T: (+351) 220 966 021
F: (+351) 220 966 733
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
developed by Brandit